Diet, Light e Zero: Entenda as diferenças

Você sabe a real diferença entre os produtos diet, light e zero? Muitas pessoas já possuem alguma impressão relacionada a estes termos tão comuns no nosso dia a dia, mas, ainda assim, poucos conseguem distinguir o conceito que cada um representa, gerando muitas dúvidas no momento das compras.

Afinal, qual deles não contém gordura, açúcar e ajuda no processo de emagrecimento? Qual é mais indicado a cada caso?

Muitas pessoas não sabem, mas existem produtos diet e light que podem ser tão ou até mais calóricos do que os produtos normais. Essa confusão pode fazer com que, além de pagarmos mais caro, compremos um alimento que nem sempre é o que precisamos para atingir determinado objetivo. Para esclarecer de vez essas dúvidas, vamos explicar o que significa cada termo:

Diet – caracteriza os alimentos que são especialmente formulados e/ou produzidos para que sua composição atenda necessidades específicas de pessoas que possuem alguma exigência física, metabólica, fisiológica e/ou patológica, como por exemplo: diabéticos, hipertensos ou pessoas com alergias alimentares.

Os alimentos diet devem ter total restrição um determinado ingrediente (geralmente açúcar, sódio ou colesterol), que será substituído por outro. Sendo assim, isso não significa a redução do valor calórico do alimento em questão. Os produtos diet foram elaborados para atender pessoas com restrições dietéticas específicas e não com a finalidade de possuir um baixo valor calórico. Um exemplo prático é o chocolate diet, ele apresenta ausência de açúcar, entretanto, é rico em gordura, sendo assim, seu valor calórico é elevado, inadequado para pessoas com o objetivo de perder peso.

Light – caracteriza os alimentos que devem ter uma redução de, no mínimo, 25% em algum componente, seja açúcar, gordura, colesterol, sal, entre outros, não possuindo um fim específico como os produtos diet.

Por exemplo: Pão de forma light – geralmente é elaborado com redução de açúcar e gordura.

Zero – assim como o produto diet, esse alimento possui a exclusão total de algum componente, podendo ser zero açúcar, zero gordura, zero sódio, entre outros.

Mesmo que tenhamos esses conceitos em mente, é importante sempre conferir a composição no rótulo, para saber se aquele produto tem realmente as características necessárias ao objetivo de quem vai consumi-lo. No caso do alimento com restrição de sódio, por exemplo, a informação precisa estar bem clara na embalagem e, quando o objetivo for emagrecimento, deve-se sempre comparar o valor calórico do produto com similares.

Sendo o produto diet, light ou zero, devemos estar sempre atentos às suas reduções ou exclusões no alimento. Cada ingrediente é responsável por desempenhar determinadas funções no produto. Para que ele não perca suas características finais, pode ser incorporado a ele algum outro tipo de ingrediente. Por exemplo, determinados queijos e requeijões light têm menos calorias por haver redução de gorduras, entretanto, para manter a consistência, aumenta-se o sal. Deste modo, o produto não é indicado para hipertensos. Em outro exemplo, um bolo diet que não terá adição de açúcar, pode ter um valor calórico igual ou maior do que um bolo comum, pois o açúcar poderá ser substituído por um adoçante artificial e, pode haver ainda a adição de mais algum componente calórico, como gordura, leite, etc. Essa confusão é muito perigosa, principalmente para pessoas diabéticas.

Resumindo-se tudo isso, podemos destacar alguns pontos:

  • Quando lemos que um produto “não possui adição de açúcar”, não quer dizer necessariamente que ele não tem açúcarÉ possível que tenha açúcar em algum componente da fórmula ou algum ingrediente que tenha por base a glicose, que é a menor partícula do açúcar, e pode apenas estar citado no rótulo com outro nome (leia mais);
  • Nem sempre um produto light vai ser isento de açúcar. Lembrando que, a característica deste é ter a redução de, pelo menos 25% de algum ingrediente;
  • Nem todo alimento diet é indicado para quem tem diabetes. Primeiramente porque nem todo alimento diet é isento de açúcar e, além disso, porque é um produto que nem sempre é saudável, já que, ao ser retirado o açúcar da fórmula convencional, é possível que este alimento possa conter muita gordura e/ou sódio.

Por fim, destacamos a importância do profissional nutricionista, que será o responsável por auxiliar na escolha do alimento mais adequado para cada caso, assim como a importância da leitura de rótulos sempre antes da compra de qualquer tipo de alimento. Nós não compramos qualquer roupa, nem qualquer sapato, e, até o nosso shampoo de cabelo não pode ser qualquer um. Então devemos conhecer o que estamos comendo para que, além de não sermos enganados, possamos levar uma vida mais saudável e nutricionalmente adequada.


Para agendar uma consulta  >> clique aqui <<


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: