Os benefícios do chocolate

Há décadas o chocolate é apreciado por crianças e adultos, seja por meio de uma simples guloseima ou preparações mais sofisticadas.

Como todos sabem, o chocolate é feito através do processamento das sementes do cacau, que passam por diversas etapas industriais, até chegar ao produto final, como conhecemos. É importante destacar que o cacau contém muitos antioxidantes. Mas aí vem a dúvida: “o que são antioxidantes?” Bom, resumidamente falando são substâncias que evitam a formação de radicais livres no nosso corpo, substâncias essas, que em excesso levam ao envelhecimento celular e o aparecimento de doenças (doenças cardiovasculares, câncer, diabetes, entre muitas outras). A partir disso, já conseguimos perceber um pouco a importância de uma alimentação rica em antioxidantes para nossa saúde. Vamos conhecer então a quantidade de cacau presente em alguns dos tipos de chocolate para compreender melhor:

  • CHOCOLATE BRANCO: Não contém cacau, e, portanto, não apresenta antioxidantes.
  • CHOCOLATE AO LEITE: Contém cerca de 20 – 30% de cacau, juntamente com acréscimo de manteiga de cacau, açúcar e leite, leite em pó ou leite condensado. A cada 100g do mesmo é possível encontrar 70 mg de antioxidantes.
  • CHOCOLATE MEIO-AMARGO: Contém cerca de 40 – 55% de cacau, juntamente com manteiga de cacau e açúcar. A cada 100g do mesmo é possível encontrar 170 mg de antioxidantes.
  • CHOCOLATE AMARGO: Contém cerca de 56 – 99% de cacau. A cada 100g do mesmo há 250 a 450 mg de antioxidantes.

Ultimamente, percebe-se que a maioria dos chocolates comercializados de maior aceitação são os chocolates ao leite, que, mediante a um consumo exagerado, podem originar numerosos problemas de saúde pela presença de muita gordura e açúcar em sua composição. Além disso, o acréscimo de leite diminui a concentração e cacau e a biodisponibilidade dos compostos antioxidantes, isto é, o corpo irá utilizar estes compostos em uma quantidade menos do que a presente no chocolate. Deste modo, o consumo de chocolate ao leite se mostra menos benéfico quando comparado com o chocolate amargo.

Há quem goste do chocolate branco, porém este não possui cacau, logo, não possui antioxidantes. Além do mais, sua composição é basicamente manteiga de cacau, açúcar e leite. Assim, não seria vantajoso seu consumo, pois além de ser muito gorduroso e calórico não traz nenhum benefício significativo à saúde.

O chocolate meio amargo apresenta uma concentração maior de cacau do que o chocolate ao leite, sendo uma opção mais vantajosa quando comparada a esse citado, e uma alternativa aos não adeptos ao sabor marcante do chocolate amargo.

O chocolate amargo, contém grandes concentrações de antioxidantes, como flavonóides (catequina e epicatequina) e polifenóis pela presença de uma maior quantidade de cacau em sua composição. Seu consumo, desde que moderado, pode trazer uma série de benefícios à saúde, dos quais, podemos citar:

  • Função antioxidante, capaz de combater os radicais livres;
  • Prevenção do envelhecimento;
  • Aumento da sensibilidade à insulina;
  • Melhora da saúde cardiovascular;
  • Redução da formação de placas de ateroma;
  • Redução do colesterol total e LDL;
  • Controle da pressão arterial;
  • Atividade anti-inflamatória.

Além disso, podemos destacar que o chocolate amargo ainda é rico em triptofano, precursor da serotonina, que é o hormônio do bem-estar. Com o seu consumo é possível notar melhoria do humor e atividade cerebral, isso pode explicar o “desejo das mulheres” em comer chocolate durante a TPM e de pessoas que buscam consumi-lo em crises de ansiedade.

Vale destacar que não é necessário consumir uma caixa de bombom inteira para usufruir dos inúmeros benefícios apresentados, visto que cerca de 30g de chocolate amargo diários já são suficientes para garantir esses resultados.

É importante deixar claro que o chocolate somente será benéfico se aliado a um estilo de vida saudável, que engloba uma alimentação balanceada e atividades físicas regulares. E que mesmo contendo uma quantidade significativa de antioxidantes, ele também contém açúcar em sua composição.

É notório que um consumo consciente, levando em conta a popular frase “quanto mais cacau, melhor” ou “quanto mais escuro o chocolate, melhor”, pode sim fazer com que o consumo desse doce reconhecido e adorado mundialmente faça bem à saúde.


Para agendar uma consulta  >> clique aqui <<


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: