O que comer no Pós Treino

A alimentação pós treino tem grande influência no resultado do exercício realizado, que pode ser positiva ou negativa. Por esse motivo, é muito importante fazer a escolha certa dos alimentos neste momento.

É claro que a alimentação do dia inteiro precisa estar bem balanceada para o alcance dos melhores resultados. Porém, o pós exercício demanda de algumas necessidades específicas que devem ser atendidas com a alimentação. São elas:

• Otimizar a síntese muscular;
• Reabastecer os estoques de glicogênio;
• Inibir os processos catabólicos pós treino;
• Repor água e eletrólitos.

Após a atividade física o corpo está cansado, as reservas de glicogênio estão esgotadas, já que foram utilizadas para o fornecimento de energia durante o exercício, e os músculos apresentam micro lesões, que com uma boa alimentação e descanso é revertido em hipertrofia. Para repor a reserva de glicogênio, é necessário então o consumo de carboidratos. Se este consumo não for realizado, a proteína ingerida com finalidade de síntese muscular será utilizada também para repor a energia gasta, o que não é o objetivo.

Para a síntese muscular, deve-se ingerir alimentos fonte de proteína como carnes, ovos, leite e derivados. Quando necessário, suplementos proteicos são adicionados ao plano alimentar para completar a quantidade de proteína, mas isto deve ser muito bem avaliado e calculado para que não traga malefícios à saúde. É importante salientar que o uso de suplementos deve ser indicado e acompanhado por um profissional nutricionista.

A ingestão de carboidrato e proteína após o treino inibirá os processos catabólicos, ou seja, o corpo não fará uso da proteína muscular como fonte de energia.

Durante a prática de exercícios, também há perdas significativas de líquidos e minerais, por isso a reposição hídrica é fundamental para que o rendimento e a saúde não sejam prejudicados e deve ser realizada durante todo o dia. A água possui o papel importantíssimo de regular a temperatura corporal e a taxa de transpiração durante o exercício. O corpo suporta perda maior de glicogênio e proteína muscular do que de água. Sendo assim, para o bom funcionamento do organismo, é necessário repor a água e os sais minerais perdidos durante o exercício e retornar com o equilíbrio entre entrada e saída destes.

A fim de atingir estes objetivos descritos acima segue abaixo alguns exemplos de refeição pós treino:

Exemplo 1) Peito de frango grelhado, vegetais cozidos e água de coco.
Exemplo 2) Ovo cozido, batata doce cozida, hortaliças verdes refogadas e suco de fruta natural sem açúcar;
Exemplo 3) Arroz integral, peixe e vegetais cozidos.

As quantidades são dependentes da composição corporal do indivíduo, intensidade e duração do exercício.


Para orientações personalizadas >> clique aqui <<


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: