Atuação da beta alanina na fadiga muscular

A nutrição esportiva adota estratégias antes, durante e após o exercício visando extinguir ou diminuir a incidência de fatores que dependendo da intensidade do exercício, das condições ambientais e das características individuais do atleta ou praticante de atividade física, possam prejudicar o rendimento esportivo.

Um dos principais fatores que influenciam neste rendimento é a fadiga muscular. Por muito tempo, no meio da comunidade científica, acreditou-se que o principal fator causador da fadiga muscular era o lactato acumulado durante atividades intensas. Hoje, o maior destaque para a fadiga muscular é dado à acidose muscular, consequência do acúmulo de íons H+ que leva à queda do pH intramuscular, prejudica a transferência de energia e a manipulação de cálcio, mas ainda existem muitas controvérsias sobre o papel de cada um desses fatores do desenvolvimento da fadiga.

Este acúmulo, por sua vez, está relacionado a diminuição das propriedades contráteis do músculo e ao aumento da liberação de ácidos graxos livres na circulação. Deste modo, as atividades de algumas enzimas são comprometidas, dando surgimento à fadiga precocemente.

A β-alanina é precursor para a síntese de carnosina nas fibras musculares, que é primeira linha de defesa contra alterações locais do pH, atuando no tamponamento deste H+ produzido durante o exercício de alta intensidade. Por este motivo o aminoácido β-alanina, tem sido recentemente, um dos suplementos mais procurados para tal finalidade, uma vez que apresenta uma série de benefícios para a saúde e exercícios. O efeito ergogênico desta substância resultou na expansão do mercado comercial para a β-alanina nos últimos anos.

β-alanina é um aminoácido que pode ser produzido pelo próprio corpo humano. Sua síntese acontece no fígado e é transportada para células musculares. Porém, para ser absorvida pela célula precisa competir com outras substâncias pelo mesmo transportador, o que torna sua absorção prejudicada.

Os aminoácidos β-alanina e L-histidina sintetizam a carnosina, no músculo esquelético, cardíaco, cerebral, e outros. Esta, possui várias funções biológicas, como, antioxidante, reguladora de cálcio, protetora de proteínas. Contudo, a função principal é de tamponamento do pH. Além disso, estudos recentes têm demonstrado que o aumento do teor de carnosina em fibras musculares podem aumentar a liberação de cálcio quando esta é inibida, por exemplo, durante a fadiga.

A disponibilidade de β-alanina na dieta não é suficiente para sintetizar carnosina no músculo. Os vários estudos indicam que o conteúdo de carnosina pode aumentar em indivíduos treinados e não treinados, após 4 a 10 semanas de suplementação com β-alanina (4,0 a 6,4g / dia).

Deve-se salientar que, a carnosina não age da mesma forma em praticantes de atividade física e atletas, ja que, os atletas possuem uma capacidade maior de tamponamento dos H+.

Embora o interesse dos efeitos ergogênicos da β-alanina venha principalmente da população atlética, ainda é incerto em até que ponto esses indivíduos possam ser beneficiados por tal suplemento. Ainda assim, caso seja feita a suplementação de forma correta, no que se diz respeito à quantidade e tempo de suplementação, é possível que o grupo de atletas treinados obtenha um bom resultado na otimização dos exercícios.

Contudo, a Sociedade Brasileira de Medicina do Esporte e a Agência Nacional de Vigilância Sanitária – ANVISA não fazem citação de β-alanina como um suplemento nutricional, provavelmente por ser uma substância de investigação recente. Dessa forma, sua prescrição deve ser cautelosa, ao ponto que, no Brasil sua suplementação não é regulamentada.


Para orientações personalizadas >> clique aqui <<


 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

Acima ↑

%d blogueiros gostam disto: